sábado, 23 de fevereiro de 2013

Esmalte + Salada

Confesso que só comecei a comer alface, rúcula e agrião ano passado, não conseguia comer, não gostava. Até que minha irmã me apresentou um molho rosé que mudou toda a história. Hoje como tranquilamente alface, rúcula e agrião, mas só com este molho. Sabemos que tem gordura, mas uso com moderação, graças a ele, ano passado iniciei minha reeducação alimentar, comendo salada todos os dias, no almoço e na janta, com isso emagreci 4 quilos.

Uma das minha preferidas: repolho roxo, cebola, milho, maçã, presunto light e azeitona. Nesta salada uso iogurte natural desnatado.


Alface, rúcula, banana, uva passa e nozes.


Alface, agrião, rúcula, tomate, molho rose e camarão.

Um tempero que adooooro é alho com azeite, corto o alho bem fininho e deixo no azeite de um dia para o outro.


Fernanda Reali é uma amiga e tanto. Ela está sempre preocupada com o bem estar dazzzamigash. Quer ver todas sempre bem. Por dentro e por fora. Levou este esmalte pra mim no último encontro. Super lindo, seca rápido e uma demão resolve.(só que passei duas)

Esmalte NY Tech Brown - Boticário

E me deu também esta base reestruturadora, pois comentei que minhas unhas estão fracas.

É isso aí.
Porque você não faz as suas unhas e vem participar também?
Quer ver mais opções de saladas? Fernanda Reali



sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Você casou pra lavar louça? Não? Seu marido também não.

O que mais ouço hoje em dia é: " Não casei pra lavar louça." "Não casei pra passar roupa." "Não casei pra lavar banheiro.". Já parou pra pensar que seu marido também não?
Ninguém casa pra limpar casa, até porque não precisa se casar pra isso. As solteiras, viúvas, separadas também limpam suas casas. Claro, se você tem empregada, nem você e nem seu marido vão precisar fazer. 

O que estou querendo dizer com isso, é que estou vendo alguns casamentos esfriando por causa destas questões: "Não me casei para..."

O serviço doméstico é horroroso pra todo mundo, até para a empregada, ela faz porque recebe pra isso.

Não tenho nenhuma empregada, faço as coisas dentro de casa porque tenho que fazer, se eu não lavar, vai ficar sujo, se eu não passar, vai ficar amarrotado. 

Hoje em dia, os maridos tem divido cada vez mais as tarefas domésticas com suas mulheres. Até porque, boa parte das mulheres tem jornada tripla. Ajudam com os filhos, dando banho, janta, ensinando nas tarefas escolares. Ajudam com a casa, fazendo comida, lavando louça, alguns até arrumam sua própria bagunça (quando as mulheres pedem, né). 

Conheci uma pessoa que me contou que o marido chegava do trabalho, fazia a janta, lavava a louça. Mas às cinco horas da manhã ele tinha que passar o uniforme dele, porque estava dentro do armário por passar. Porque ela não suporta passar roupa. (quem suporta?)

Passar a roupa deste marido que a ajuda é subserviência, ou seria um ato de cuidado, carinho?

Meu marido me ajuda muito na cozinha, lava louças e às vezes faz o almoço. Seria justo, na hora que eu for passar a minha roupa e a do meu filho deixar a roupa dele pra ele passar? Sendo que na hora que ele lava a louça ele lava meu prato, copo e talher?

Companheirismo acho que é a base de um casamento. 

Ele é percebido nas coisas mas significativas e nas pequenas também.
Se eu passar o dia no note, fazendo coisas que não são referentes a casa, ele também não faz, não é por birra, porque nem brigamos, homem é que nem criança, aprende pelo exemplo. Quando meu marido me vê fazendo alguma atividade doméstica, ele se prontifica a ajudar. 

Fica com filho para eu sair cazzzamigash. Se tiver que fazer compras no mercado sozinho, ele vai. Então, acho justo eu lavar seus talheres e passar as suas roupas.

Isso não é submissão, é cuidado. Isso não é escravidão, é carinho. 




quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Ah! Essas mulheres ...

Vinte e uma mulheres foram ao encontro.
Mulheres de todas as cores, de várias idades, de muitos amores.
Mulheres do tipo atrevida,
Do tipo acanhada, do tipo vivida.
Casada carente, solteira feliz, 

Casada feliz, solteira carente,
Mulheres cabeça e desequilibradas.
Mulheres confusas, de guerra e de paz.

Problemas todas nós temos, todo mundo tem angústias, dúvidas, medos, contas à pagar(rsrsrs), o que não podemos deixar é que eles nos paralisem.

Um encontro como esse é revigorante, é necessário.

Em pé: Patrícia Daltro do blog Bichos de Patch, Jussara Xavier do Palavras Vagabundas, Lily Luz do Tipo Pollyana, Bárbara Rezende do De.Cor.Ação, Sheila do Cabra Cega, Mari do Diário de uma mãe polvo, Rejane Batista do Casa Corpo e Cia, Géssica do Casa e Conforto, Lin Sousa do Lin Sousa Fazendo Arte e Roberta do Chocolito's


Sentadas:Chris do Inventando com a Mamãe, Rogéria do Um Espaço pra chamar de meu, Fernanda do Fernanda Reali (OH! ninguém sabia) e a Aline Jardim.


Clara do ClaraMM é a de blusa verde.






Irmãs de outras encarnações. Da Era Jurássica.



Minhas musas inspiradoras:

Ganhei no sorteio a toalha da Fernanda Reali


Ganhei muitos mimos da Rejane, por isso a cara de surpresa

Ganhei no sorteio a necessaire do blog da Chris


Ganhei uma caderneta da Lily


Ainda ganhei no sorteio uma bolsa feita pela Rejane, este dia foi meu dia de sorte :)
Ganhei esmaltes da Fernanda, Vanessa Anacleto(que chegou tarde, saiu cedo e não achei foto dela)

Tive o prazer de conhecer três novas blogueiras, Kathleen Irizaga do blog Mamy Tri, Aline Jardim e Géssica, mas não tirei fotos com elas, então roubatilhei as fotos de seus faces.


Mari e Kathleen

Rogéria e Aline

 Sheilinha e Géssica



"Não há satisfação maior do que aquela que sentimos quando proporcionamos alegria aos outros." - Masaharu Taniguchi





domingo, 17 de fevereiro de 2013

Esmalte + Amizade

A amizade!

Eu, particularmente acho a amizade, no sentido real da palavra, uma coisa muito rara.


Ter uma amiga leal, honesta, confidente, ouvinte, confiável, que te conhece só pela entonação da sua voz, é necessário.


Geralmente são assim amigas de muitos anos, que se conhecem profundamente, conhecem os gostos, os sonhos, as frustrações, os medos, os anseios umas das outras.


Fortaleceram a amizade com confiança, lealdade, sorrisos e lágrimas.



"O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade." - Provérbio 17:17

Amigas sabem tudo uma da outra. O primeiro beijo, a primeira vez, o primeiro emprego. A amiga é sempre a primeira a saber.


Amizade verdadeira não tem interesses, é amor discricional.

Amiga te liga de madrugada chorando porque sabe que tu vais ouvi-la. Quiçá  querer vê-la. Dar  ombro. Ah, um ombro amigo.



"Amigo é aquele que sabe tudo a seu respeito e, mesmo assim, ainda gosta de você." Kim Hubbard


Já tive uma amiga assim na adolescência, era bom demais, era felicidade pura, me sentia segura, os amigos dão segurança, amigo é porto seguro.

Hoje, não temos mais esta ligação, poderia dizer que foi o tempo, mas não foi, fomos nós duas. Sem briga alguma, simplesmente foi acontecendo, os telefonemas cada vez mais espaçados, os encontros nunca mais marcados. Ela passou por momentos muito duros, e não me procurou, como eu também, então devemos respeitar, acho que o nosso momento já passou. Gosto demais dela, como acredito que ela de mim, mas não compartilhamos mais segredos.



"Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão; poderá morrer de saudades, mas não estará só." - Amir Klink

Nunca fui de ter várias amizades, por opção. Já passei por desilusões. Então, sempre preferi ficar só. 

Tive algumas decepções com pessoas que tentei manter alguma amizade, agora depois de "velha". Nossa, eu que sempre fui reclusa, voltei pra toca.

Odeioooo pessoas que guardam desabafos, conversas, e as usam depois contra a própria pessoa que desabafou.

Odeioooo pessoas que frequentam a tua vida, e depois falam mal de seu filho para outra pessoa.

Já passei por isso, e foi recentemente.

Devo ter tido dedo podre, ou não tive muitas opções.

A gente está num mundo, que todo mundo é amigo de todo mundo. Tem amizades sendo feitas sem ao menos se saber o nome da outra pessoa. Não consigo acompanhar esta "evolução". Juro que estou tentando.


"A amizade desenvolve a felicidade e reduz o sofrimento, duplicando a nossa alegria e dividindo a nossa dor." (Joseph Addison)

Há um ano e pouquinho ousei sair da tela para conhecer amigas virtuais. Se tem me feito bem? Um bem enorme.


Fernanda Reali conseguiu me tirar da toca, sair do meu regime fechado imposto por mim. 

Cada vez mais aumenta o números de mulheres nesses encontros, mulheres boas de papo, mulheres que te fazem gargalhar muito, e isto eu adoooooro. E com isso, as afinidades vão aparecendo.

A semente foi plantada, e regamos todos os dia, mesmo que virtualmente.


"Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz." Madre Teresa de Calcutá

A amizade saindo da tela :




Para a realidade:




Fiz este álbum para guardar as fotos dos encontros:



Esmalte Techno Perolado Ana Hickmann


Esmalte enviado por uma amiga virtual muito querida: Ana Paula Santiago


Bom, tenho muitas amigas querida que me fazem dar ótimas gargalhadas virtualmente, Lola Diacuy , Claudiene Finotti, Márcia Balz, e por aí vai...

Quer saber mais sobre amizade? Fernanda Reali