segunda-feira, 12 de março de 2012

Coletiva - O que você faz de bom?

Devo confessar que faço menos do que gostaria e deveria. Mas faço o que posso no momento.


Costumo separar garrafas pet, vidros, papelão, alumínio, e jogar fora em sacos separados no dia em que o caminhão de lixo não passa, porque assim os catadores tem a oportunidade de pegá-los.


Faço doações de roupas e brinquedos para igreja.


Ajudo os idosos que encontro pelo caminho, a subir ou descer do ônibus, atravessar a rua.


Meu voluntariado semanal no asilo tá parado. Sei que vou voltar, mas no momento certo. Já senti culpa, me senti em dívida, já chorei, não estava me sentido bem com isso, pensei, repensei e cheguei a conclusão que :" Por mais que eu queira, tem coisas que não posso realizar agora, e outra tantas não podem ser feitas ao mesmo tempo."


Li, no blog da Bia Jubiart que bondade era doar um tempo especial para seu filho, pensei a respeito, e vejo que sim, muitas mães não dedicam um tempo pro filho, eu dedico. Estudo junto, pego o livro e o caderno e faço perguntas, até hoje faço isso, ele está no 8° ano. Sento em frente ao computador e assisto aos vídeos preferidos dele, rimos muito, como a gente tem afinidade neste besterol. Converso todos os dias sobre a escola.


Sei que posso e devo fazer mais pelo próximo.


Dê uma passada no blog da Bia e participe desta blogagem. Se não der pra participar, pelo menos leia o que as pessoas andam fazem de bom.  Quem sabe você não se inspira?



9 comentários:

  1. Amei Cláudia!

    Inspirador... É verdade tempo e afeto é uma forma de doação. Seu filho deve amar ter vc como amiga companheira, além de mãe...

    Grata pela participação!

    Beijooooooooo

    ResponderExcluir
  2. Eu super me cobro nesse sentido de fazer algo pelo próximo, e ja pensei que preciso fazer algo melhor pros meus próximos em casa também!!

    ResponderExcluir
  3. Que ótimo, Cláudia!
    Seria tbm estranho dar atenção aos de fora deixando aos que convivem conosco em segundo plano.
    Vc está de parabéns, viu?
    Beijinho...

    ResponderExcluir
  4. Eu também me sinto assim muitas vezes, achando que poderia fazer muito mais pelos outros e pelo planeta. Muito mais do que eu já faço. Como vc disse, educar e amar seus filhos é uma forma de ajudar e muito o mundo. Vc está colocando uma pessoa boa para fazer o bem. Olha que colaboração!
    Beijos e parabéns!
    Adriana

    ResponderExcluir
  5. Bela descrição de belos gestos!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida
    Os pequenos gestos feitos por amor dão uma intensidade à nossa vida inigualável...
    Bjm festivo de paz

    ResponderExcluir
  7. Esse questionamento" sei que poderia ter feito mais" é comum aos que pensam realmente no ser humano, aos que se preocupam verdadeiramente com tudo. Logo, você é do bem, é bondosa e vai ainda ter seu chamamento para expandir toda a bondade e a generosidade que habita em vc. Grande abraço!

    ResponderExcluir
  8. Oi, também participei da coletiva.
    e vim aqui pra visitar os teus velhinhos! mas você não está mais participando.
    mas tem feito muita coisa boa e está se doando!
    O filho deve agradecer esse comprometimento com ele! É doação total de amor
    bjo
    Zizi

    ResponderExcluir
  9. Oi Cláudia!

    Fiz um passeio muito agradavel pelo seu blog e amei!!!!!!!
    Por isso, já tô seguindo!
    Fique com Deus!!!
    Bjoooo

    ResponderExcluir

Oi, obrigada por sua visita!